Bem Vindo(a) ao Blog destinado aos amantes da Aquariofilia. Aqui poderá encontrar links úteis, fotos de aquários, fotos de peixes, informações gerais sobre Aquariofilia, etc.
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008
Lago Malawi

 

Nono maior lago do planeta e terceiro maior da África, o lago Malawi, ou Lago Nyasa como é conhecido regionalmente, assim como o Tanganyika, é longo, estreito e muito profundo. Sua extensão vai do Oeste da Tanzânia até leste do Moçambique. Possui mais de 600km de extensão e 15km de largura, com profundidade de aproximadamente 1000m, com visibilidade de até 2,5m. 

Os ciclídeos do Malawi são considerados por muitos, como os mais coloridos e brilhantes. Entre os mais populares estão os Mbuna e não Mbunas (veja a seguir). O Malawi possui quase metade de todas espécies de ciclídeos do mundo. 

A química da água do lago Malawi é bastante similar a do Lago Victória e por este motivo, costuma-se misturar muitas espécies deste dois lagos. O pH deste lago varia de 7.6 a 8.6, com GH entre 4 e 6. Esta variação é graças a variação de dióxido de carbono dissolvido na água, sendo que em águas turbulentas o pH é mais alto e em regiões cuja a água é mais calma o pH é mais baixo. Sua temperatura na superfície varia de 24º-29ºC. O dH varia de 6 a 8.

Cerca de 1/3 de sua costa é rochosa, onde se encontra os Mbunas, e o restante de sua área é caracterizado por praias e fundos arenosos, onde se encontra os não Mbunas ("Haps" e "Peacocks"). Algumas espécies habitam o fundo "barrento" deste lago.


Mbunas (Leia-se Ambuna): são de longe os mais populares peixes entre os CAs e significa "peixe das rochas". Podem ser encontrados a partir de 50cm de profundidade em toda costa rochosa do Lago Malawi. Sua população pode passar dos 20 indivíduos por metro quadrado entre grupos ou entre inter-espécies. 
Suas principais características são as cores fortes, com barras verticais ou horizontais e corpo mais compacto comparado aos Haps. São peixes que raramente se afastam de suas rochas, se alimentando de algas e micro-crustáceos, boa parte dos Mbunas são herbívoros, sendo obrigatório a presença de Spirulina em sua dieta alimentar. Peixes do gênero Labidochromis se alimentam de moluscos e Melanochromis são predadores de pequenos peixes.  Seu tamanho varia entre 10 a 15cm e são peixes agressivos, defendendo ferozmente seu território, não tolerando outros machos por perto ou outras espécies que tenham as mesmas cores. A exceção da agressividade do macho se restringe apenas em época de desova, onde permitirá que fêmeas se aproximem para acasalamento. Pode ocorrer, mesmo após o acasalamento, o macho perseguir a fêmea cortejando, neste caso a fêmea irá se proteger em outra toca.

Os gêneros Mbunas são: Cyathocrhomis, Cynotilapia, Genyochromis, Gephyrochromis, Iodotropheus, Melanochromis, Labeotropheus, Pseudotropheus e Labidochomis

no-Mbunas, são os "Haps" (ou Utakas) que são chamados assim, devido em sua maioria pertencerem ao gênero Haplochromis e também os "Peacocks" que pertencem ao gênero Aulonocara. São peixes que vivem afastados da costa (regiões de água aberta com correntes) e possuem algumas diferenças de outros ciclídeos do lago, sendo a principal é que vivem em cardumes, podendo ser encontrados diversas espécies diferentes no mesmo cardume na mesma região. Embora algumas espécies possam ser encontradas em cardumes, costumam defender seu território, mesmo em água aberta, onde muitas vezes possuem verdadeiros haréns. Possuem olhos grandes, qualidade vital para enxergar minúsculos seres e boca em forma de tubo, que usa para se alimentar destes pequenos seres. Como os Mbunas, os machos costumam ser maiores e mais coloridos, embora haja algumas espécies cujo as fêmeas possam ser idênticas ao macho, como do gênero Aulonocara. Boa parte dos Haps e Peacocks são onívoros.

 

 

Os principais gêneros são: Aulonocara (Peacocks) e Haplochromis (Haps)
As principais diferenças entre os Mbunas e não Mbunas (Haps e Utakas) são:
-Mbunas são menores, mais ativos e agressivos;
-Mbunas são usualmente herbívoros, alimentando-se de algas rochosas e minúsculos crustáceos;
-Não-mbunas são menos agressivos, levando em consideração o comportamento dos CAs;
-Não-mbunas habitam a parte aberta do lago, não ficando restrito a um determinado território;
-Não-mbunas em sua maioria são onívoros e maiores que Mbunas;
-Mbunas são mais coloridos e chamativos que não Mbunas;
-Haps possuem o corpo alongado e cores tendendo ao prateado;

 

Fonte: ForumAquario.com.br

 



publicado por Bruno Silva às 12:30
link do post | comentar | favorito

links
posts recentes

FitnessEveryWhere

Biótopo = Qualidade de Vi...

Manutenção de MBUNAS part...

Manutenção de MBUNAS part...

Manutenção de MBUNAS part...

Manutenção de MBUNAS part...

Manutenção de MBUNAS part...

Manutenção de MBUNAS part...

Manutenção de MBUNAS part...

Manutenção de MBUNAS part...

Manutenção de MBUNAS part...

Manutenção de MBUNAS part...

Das fotografias mais bela...

Comportamento e Reproduçã...

Manutenção do Aquário

A Montagem e primeiros pa...

Características necessári...

O que deve saber para mon...

Anatomia do Peixe

Receita para BUFFERS

arquivos

Dezembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

todas as tags